CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 28 de setembro de 2013

Jordão: Vereadora Zeina Menezes denúncia gestão do prefeito Élson Farias

foto: reprodução facebook


A vereadora Zeina Menezes (PMDB), de Jordão tem denunciado constantemente a administração do prefeito Élson Farias (PCdoB), na tribuna do parlamento jordanense por discriminar os povos indígenas, atrasar salário dos prestadores de serviço, atrasar o pagamento das férias dos funcionários da educação e o fechamento do Mercado público nos finais de semanas e feriados.

A líder do PMDB na Câmara fez as seguintes denuncias nas ultimas sessões : 1- Existem funcionários prestadores de serviço que não recebe há quatro meses; 2- As escolas indígenas que construíram foram com madeira bruta (sem beneficiar as tábuas), enquanto dos não indígenas são escolas padrões (tabua beneficiada); 3- As férias dos funcionários do quadro da educação deveria ter sido pago em junho, porém, estamos no final de setembro e sequer se houve falar em pagamento; 4- O prefeito mandou fechar o Mercado público nos feriados e finais de semanas, alegando que não tem como pagar hora extra. Zeina contesta a alegação do Comunista, afirmando que, o Mercado dispõe de três magarefes, do quadro permanente, com carga de quarenta horas semanais, o que poderia muito bem ser feito uma escala. Essa medida tem prejudicado os munícipes, pois são obrigados a comprarem carnes, nos açougues com um preço exorbitante. 

Zeina já denunciou ao Ministério público o gestor por omitir informações do legislativo, principalmente quando a solicitação parte de seu gabinete. Não será nenhuma surpresa que, ela venha usar da mesma tática novamente para obter as informações, que se faz necessário para fiscalizar e propor soluções ao governo.

A parlamentar tem dito na tribuna que suas críticas não têm motivos pessoais, no entanto, é dever dela enquanto legisladora fiscalizar o executivo, propor soluções, independente se é oposição ou situação. “É tão verdadeiro minha colocação, que fui a Rio Branco buscar emendas parlamentares para melhorar nossa cidade”. 

O prefeito Élson Farias, tão logo que assumiu a prefeitura, extinguiu o uso da sacola no mercado, alegando que o órgão não arrecadava o suficiente para manter tal prática, também era uma forma de diminuir o lixo. 

Nossa reportagem entrou em contato com assessoria da Prefeitura de Jordão, para ouvirmos a versão, no entanto, não conseguirmos êxito. Contudo, fica o espaço aberto, para os devidos esclarecimentos. 

Por Leandro Matthaus

Nenhum comentário: