CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Justiça suspende o vestibular 2011 da Ufac

Ufac2702

O juiz federal Alexandre Jorge Pontes Laranjeira mandou suspender o vestibular 2011 da Universidade Federal do Acre. A suspensão aconteceu com base na ação civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF), a qual aponta uma série de irregularidades durante a realização das provas, em novembro do ano passado. A suspensão é anunciada exatamente no período em que os novos alunos fazem suas matrículas.

Os fatos que originaram a ação do MPF ocorreram durante a aplicação das provas nos dias 14 e 15 de novembro de 2010, quando várias irregularidades foram constatadas e vários candidatos teriam sido prejudicados por condutas culposas e inadequadas adotadas pela Ufac.

Segundo o órgão, um dia após a realização do Vestibular, dezenas de candidatos recorreram ao MPF/AC para noticiar terem sido impedidos de realizar, total ou parcialmente, o referido certame, sob o argumento de que suas carteiras de identidade se encontravam com o prazo de validade vencido. Os candidatos denunciaram também que outras pessoas teriam realizado a prova com a mesma situação documental, demonstrando a falta de critério uniforme adotado pelo pessoal selecionado e treinado pela Ufac para realizar o processo de coordenação e fiscalização das provas do vestibular, gerando situações que comprometeram consideravelmente a normalidade e a lisura do concurso.

Os pedidos da ACP são para a suspensão dos efeitos de todos os atos do certame vestibular da Ufac ocorridos a partir do dia 14 de novembro e a imediata determinação para realização de novas provas, em substituição àquelas viciadas, a serem aplicadas em prazo fixado pela Justiça, que permita o início do semestre letivo de 2011 sem atrasos, dessa vez sem a formulação de exigência ilegal aos candidatos. O MPF também pede que seja fixada multa de R$ 30 mil diários em caso de descumprimento de eventual decisão favorável aos candidatos.

A assessoria da Ufac informou que só irá se pronunciar após ser notificada da decisão. 

(Com informações do site do MPF/AC)


fonte: agazetadoacre

Nenhum comentário: