CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

“2010 será o ano da família acreana”


Em entrevista à TV Gazeta, governador Binho Marques reafirma bases do projeto que fará do Acre o melhor lugar para se viver na Amazônia


binho_entrevista_foto_sergio_vale_2.jpg
binho_entrevista_foto_sergio_vale.jpg
Em entrevista à TV Gazeta, governador reafirma projeto de fazer do Acre o melhor lugar para se viver na Amazônia (Foto: Sérgio Vale/Secom)
O governador Binho Marques concedeu entrevista ao programa Gazeta Entrevista, comandando pelo apresentador Alan Rick, da TV Gazeta (emissora da Rede Record), onde expôs os avanços do Acre em 2009 e os desafios para o próximo ano. "2010 será o ano da família acreana", afirmou o governador ao assegurar que todas as bases da gestão pública estarão prontas para fazer do Acre o melhor lugar para se viver na Amazônia e que 2009 foi de muito resultado para o Estado. "Foi um ano excelente", resumiu.
No quesito infraestrutura várias foram as conquistas mas Binho Marques fez especial referência ao programa de ramais, que  completará 250 quilômetros de asfaltamento no próximo ano.  Em relação à segurança pública, o governador reafirmou a solidez do projeto que trará mais tranquilidade à população. "2009 foi um ano de transição", explicou ele ao jornalista Adailson Oliveira. Um dos instrumentos de enfrentamento à violência são os investimentos na área cultural e os incrementos na economia.

O Estado foi dividido em dez regiões administrativas sob a ótica da segurança, o que potencializou o trabalho de inteligência e repressão à criminalidade. Além disso, o sistema econômico segue em evolução.  "A economia está trabalhando. Há mais pessoas iniciativa privada e menos  no governo", disse, reafirmando que encerrará seu mandato cumprindo item a item daquilo preparado. "Daquilo que planejamos cumprimos as metas"
O ProAcre, que é o maior program de e inclusão social e desenvolvimento sustentável do Acre, está em pleno funcionamento e os primeiros resultados são satisfatórios. "O ProAcre não é só produção mas saúde e educação. O sistema de produção está em transição e saúde e educação estão chegando às comunidades mais distantes", afirmou o governador. A saúde pública  ganha feição de rede e o Governo do Estado mantém sistemático apoio às prefeituras.
Binho anunciou investimentos de R$20 milhões na inclusão sócioprodutiva e o avanço no ensino profissional. O advento das Zonas de Atendimento Prioritário (ZAPs) possibilita esses recursos, inclusive para vários outras áreas, como o ensino profissionalizante. Questionado sobre a decisão da senadora Marina Silva em deixar o PT, Binho reafirmou que apesar de caminhos diferentes o projeto continua o mesmo e que sua convicção continua sendo a de não se candidatar a nenhum cargo nas próximas eleições.


fonte: Agência Acre

Nenhum comentário: