CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Tarauacá 96 anos: Protesto no dia do aniversário.

No dia do aniversário de Tarauacá, pela manhã, além da ausência do prefeito Vando na “Hora Cívica”, um protesto organizado pelas mães dos estudantes da Escola Almirante Barroso do Bairro do Ipepaconha, chamou a atenção da população.
Elas trouxeram as crianças do ensino infantil caminhando desde a escola até a prefeitura. As crianças estavam completamente enlameadas devido as péssimas condições dá única rua do bairro.
“Nós queremos mesmo é chamar atenção do prefeito e das outras autoridades pra que eles se sensibilizem com a nossa situação. Não dá mais para os pais todos os dias carregarem as criancinhas nos braços até a escola. Quando uma pessoa adoece temos que trazer “na rede” para os centros de saúde, por que não é possível o tráfego de veículos. Nem a polícia vai mais n nosso bairro. Santa Catarina ta se acabando na água e nós tamo se acabando na lama”
Esses são trechos das palavras de Dona Tereza que junto a outras mães organizaram o protesto.
O protesto chamou atenção da população e da imprensa local. Crianças segurando cartazes de protesto e de pedido de ajuda. Uma equipe da TV Aldeia que está em Tarauacá fazendo a cobertura dos eventos festivos, ia passando no local e conversou com uma das mães.
Ao perguntar sobre o prefeito da cidade, alguém informou para as organizadoras do protesto que ele não participou nem da Tradicional Hora Cívica em frente a prefeitura que acontece todos os anos em Tarauacá no dia do aniversário da cidade, porque foi a Cruzeiro do Sul encontrar a Banda Companhia do Calypso.


Os manifestantes começaram a se organizar cedo


Foto da entrada da escola Almirante Barroso



O começo da caminhada do protesto


Pelas ruas da cidade


Tereza e os manifestantes mirins


Equipe da TV Aldeia registra

Foto movimento em frente a Câmara Municipal
Alunos do pré-escolar

Garoto segura sua bandeira de luta

Faixas e Cartazes

Chamam atenção do prefeito

Crianças Elameadas

Nenhum comentário: